O lugar da literatura na sociedade contemporânea em Da inutilidade da poesia, de Antonio Brasileiro

Uniesmero




ISBN: 978-65-84599-64-2


Descrição: O presente trabalho objetiva refletir acerca da desvalorização da poesia e do poeta no mundo moderno, buscando assim refletir e perceber a real importância dessa arte. O estudo tem a pretensão de compreender o pensamento crítico de Antonio Brasileiro sobre a força da palavra poética, em seu livro Da inutilidade da poesia (2002). Nesta obra, o autor defende que a arte pode não servir para nada, especialmente na sociedade contemporânea. E, em relação à literatura, propõe uma abordagem sobre os efeitos desta no sujeito leitor. Brasileiro fundamenta sua reflexão em poetas, filósofos e críticos que questionam esse lugar da literatura e sua função na sociedade, sobretudo Platão, que projetou um lugar marginal para o poeta. Para realização desta pesquisa bibliográfica, com o intuito de enriquecer a qualidade desta pesquisa, a fundamentação teórica é feita com base nas obras de alguns autores como: Aleilton Fonseca (2000), Octavio Paz (2012), Antonio Brasileiro (2002), Roberval Pereyr (2012), dentre outros.

Autora: Arlete Lisboa dos Santos Graia

Capítulos
Capítulo 1
INTRODUÇÃO

Capítulo 2
O NÃO LUGAR DA LITERATURA NA POLIS DA ANTIGUIDADE CLÁSSICA À CONTEMPORANEIDADE: O CASO DA REVISTA HERA

Capítulo 3
A LIRICA MODERNISTA

Capítulo 4
DA INUTILIDADE DA POESIA: LITERATURA, MERCADO E EXCLUSÃO

Capítulo 5
CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

A AUTORA


#buttons=(Accept !) #days=(20)

Our website uses cookies to enhance your experience. Learn More
Accept !